Como a ideia surgiu...

Nasceu da necessidade de criar espaços de discussão e capacitação sobre perdas, morte e luto, temas ainda tabus em nossa sociedade. O tabu nega, afasta a dor e o sofrimento psíquico gerado pelas perdas, o que leva à solidão e ao isolamento dos que vivenciam processos de luto, que culminam no aumento do adoecimento como expressão de dores silenciadas.

Por que falar sobre Luto...

Sugere-se que para cada morte existirão no mínimo 4 pessoas enlutadas, sejam estas familiares, amigos ou profissionais de saúde envolvidos na assistência. Pensando na população brasileira com aproximadamente  200  milhões de habitantes e taxa de mortalidade de 310 mil pessoas nos últimos 93 dias (http://countrymeters.info/pt/Brazil), quantos potenciais enlutados teríamos com esta simples conta? Seriam 1 milhão e 200 mil pessoas em 3 meses e alguns dias. Tais dados sinalizam a urgência em levantar o tema e formar estudantes e profissionais de saúde aptos a lidar com algo que é inerente à vida de todos nós, as perdas e a morte.

Foco...

Instrumentalizar estudantes e profissionais de saúde na compreensão e manejo do processo de luto através da teoria e da prática para oferecerem um cuidado mais integral a pacientes e familiares. Capacitar a compreensão do luto como um processo e suas especificidades. Habilitar para o manejo e condução de situações de luto. Desenvolver a empatia diante da dor e da perda. Identificar possíveis processos de lutos não vivenciados e estar atento às suas dores enquanto profissionais de cuidado. Desenvolver estratégias pessoais de autocuidado em situações de perda e morte.

Para quem...

Estudantes da área de saúde e profissionais da área da saúde.

Formato...

1. Curso aberto ou voltado para o formato In Company;

2. Aulas vivenciais e práticas;

3. Curso intensivo realizado em dois dias ou de acordo com as necessidades        da instituição contratante e disponibilidade dos preletores.

Trainers:

Millena Camara: Psicóloga, Especialista em Psicologia Hospitalar. Especialista em Perdas e Luto. Membro da

IWG – International Work group on death, dying and bereavement. Idealizadora e membro do Núcleo de Apoio Apego e Perdas

Karen Bisconcini: Psicóloga, Especialista em Psicologia Hospitalar pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP). Especialista em Cuidados Paliativos na modalidade residência pelo Núcleo Técnico Científico em Cuidados Paliativos (HCFMUSP)

Telefone:

(11) 98840-3064

Endereço: 

Rua Teodoro Sampaio, 744, Cj. 45

CEP: 05406-000 - São Paulo - SP

© 2018 Instituto Brasileiro de Comunicação em Saúde